24.2 C
São Paulo
7 de julho de 2022, 2:05
Publicidade
InícioNotíciasPor que estamos descuidando da saúde de nosso cães e gatos?

Por que estamos descuidando da saúde de nosso cães e gatos?

Por: Dra. Alina Galante, CRMV 7209, Médica Veterinária e Perita Judicial

Com os ensinamentos do passado no trato de nossos animais de estimação, aprendemos as diretrizes básicas do proprietário responsável: manter um ambiente saudável, manter as vacinações e vermifugações atualizadas, administrar medicamentos anti-parasitas externos (pulgas e carrapatos), além das visitas ao veterinário no caso de apresentarem sintomas de doenças.

Eis que dentre essas obrigações inerente ao tutor, nos tempos atuais alguns fatores têm se apresentado rompendo sua execução, em especial a vacinação anual. Muitos tutores não estão mais revacinando seus animais, o que já está gerando uma problemática muito séria em termos de saúde pública.

Destaco alguns fatores identificados como responsáveis pela queda vertiginosa da vacinação de cães e gatos nos últimos tempos:

  1. A crise econômica que enfrentamos no momento tornou impeditivo a muitos tutores o ato de levar seu cão ou gato a uma clínica veterinária particular;
  2. Uma onda de filosofias naturalistas divulgando que o ato da vacinação é danoso e prejudicial ao animal;
  3. A divulgação de casos de reação vacinal grave após aplicação de um lote inadequado da vacina anti-rábica no serviço público;
  4. Um menor grau de atenção e cuidados que alguns tutores têm dispendido a seus animais, que antes eram considerados como “filhos” e agora estão preteridos a uma segunda posição no seio da família;
  5. A falsa sensação de segurança com relação às doenças, acreditando que elas já não representam mais uma ameaça real e presente, pois não se escuta mais falar em “cinomose”, “parvovirose”, etc.
  6. A falta da noção do COLETIVO, a não compreensão de que vacinar um cão/gato representa um dos elos de uma corrente do Bem, representa uma das peças para montar a estrutura da EPIDEMIOLOGIA, que um único animal vacinado é um guerreiro importante dentro da batalha das doenças infecciosas.

Quando ninguém mais ouvia falar em sarampo ou em poliomielite nos humanos, eis que elas voltam a se apresentar mostrando suas facetas de dor, deficiência e de morte; quando ninguém mais ouvia falar em cinomose ou em parvovirose, eis que nesta semana atendemos na clínica um caso de PAVOVIROSE, doença que vi pela última vez nos anos 90, que estava “erradicada” do nosso meio, público classes A e B do Morumbi.

A vacinação continua sendo fundamental, ferramenta de importância vital no ambiente, deve ser renovada todos os anos por toda a vida do animal ou a critério veterinário. Consulte o seu médico veterinário!!

Bicho no Capricho
Telefone: (11) 3744-3773 / 3743-7512 / 3743-4518
Whataspp: (11) 96657-9542
www.bichonocapricho.com

Dra. Alina Galante
Médica Veterinária
CRMV 7209

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais populares

- Publicidade -